Pesquisas

Pellets e fogões a lenha: deduções e conta térmica


Incentivos para caldeiras e pellet e fogões a lenha: requisitos e informações para acessar dedução de taxas ou alconta térmica. Qual facilidade é mais conveniente e como obtê-la.

Se você está pensando em trocar a caldeira antiga por uma nova de biomassa ou simplesmente comprar fogões a pellets e a lenha, pode contar com as deduções fiscais previstas na Lei de Estabilidade e na Conta Térmica disponibilizada pelo GSE. Vamos ver todos os detalhes imediatamente.

Compra de pellet e caldeira ou fogão a lenha:incentivos fornecidos pela Conta Térmica

A compra decaldeiras de biomassapellet ou fogões a lenha, já beneficiou das deduções fiscais previstas pela lei de estabilidade de 2016 e confirmadas (com algumas alterações) pela lei de estabilidade de 2017. A partir de 31 de maio de 2016, aqueles que optam peloaquecimento de biomassapode tirar vantagem de um incentivo adicional: oconta térmica.

As deduções fiscais e a conta térmica são cumulativas?

As duas medidas (deduções fiscais e conta térmica) não são cumulativos e para os espertos que ainda quiserem experimentar, na hora da compra, o tipo de incentivo a ser acessado deve ser indicado no motivo da transferência.

Comprar fogão a pellets com conta térmica

A nova conta térmica 2016, em vigor ao longo de 2017, reembolsa parte da despesa incorrida com a compra depellet e fogões a lenha: o cálculo do valor analisa vários parâmetros, incluindo a zona climática de residência.

oconta térmicapara a compra depellet e fogões a lenha, é fornecido na forma detransferência diretacom um pagamento na conta corrente da pessoa que fez a compra defogões e caldeiras de biomassa. Se o incentivo não ultrapassar € 5.000, será pago numa única prestação, caso contrário o pagamento será feito em prestações anuais até ao máximo de cinco anos.

O cálculo da contribuição econômica prevista pelonova conta térmicaé realizado de acordo com:

  • da potência nominal do recuperador ou caldeira escolhida.
  • Das emissões de poeira na atmosfera liberadas pelo dispositivo escolhido.
  • Horário de funcionamento calculado em média com base na Província e Município onde o produto será instalado (zona climática a que pertence).

Requisitos: o incentivo pode ser obtido para a substituição dos sistemas de ar condicionado de inverno porcaldeiras de biomassa(fogões a pellets e lenha) com potência térmica até 2.000 kWt. Caso a potência do sistema seja inferior a 35 kW, o incentivo econômico será pago em duas parcelas, enquanto se a potência for superior a 35 kW (sem ultrapassar 2.000), o incentivo será pago em cinco parcelas.

Comprar pellet e fogão a lenha:dedução fiscal em 65%

A dedução de 65% aplica-se independentemente da potência nominal do aparelho ou da zona climática a que pertence. A dedução do imposto de renda pessoal pode ser obtida se a compra de umsistema de aquecimento de biomassaé realizado em simultâneo com as obras de renovação de edifícios para melhorar a eficiência energética do edifício. O valor máximo da dedução é de 30.000 euros.

Comprar pellet e fogão a lenha:dedução fiscal em 50%

Quanto à substituição da caldeira com a compra de sistemas ou aparelhos com melhor desempenho a biomassaComopellet ou fogões a lenha, muito já foi dito no artigo dedicado ao bônus móvel “Bônus de mobília para substituição de caldeira“.

Comprar pellet e fogão a lenha:dedução fiscal de 36%

A partir de 1 de janeiro de 2017, as deduções fiscais previstas na Lei de Estabilidade deverão diminuir gradualmente. A dedução deve cair para 36% tanto no caso de um prémio ecológico (portanto, uma intervenção de reestruturação para melhorar a eficiência do edifício), como no caso de um prémio de reestruturação.

Compra de pellet e caldeira ou fogão a lenha:a conta térmica ou a dedução do imposto é mais conveniente?

Especificamos que: todos podem acessar a Conta Térmica, desde que substituam um sistema de aquecimento antigo. Pelo contrário, odedução de taxaseles estão disponíveis apenas para assuntos sujeitos a imposto de renda de pessoa física, IRES ou IRAP.

O acesso às deduções fiscais a 50% também pode ocorrer apenas em caso de substituição da caldeira antiga, pelo que não é necessário proceder a uma reestruturação porque a Agência Fiscal esclareceu que a substituição da caldeira é considerada uma manutenção extraordinária e portanto, é possível aproveitar o benefício.

O cálculo da conta térmica leva em consideração várias variáveis, mas, emnenhum caso, o valor do reembolso pode exceder 65%, enquanto no caso de um ecobônus, 65% é o teto padrão de retorno econômico na forma de redução de impostos.

Você pode estar interessado noStube tirolês


Vídeo: FAÇA VOCÊ MESMO SEU FOGÃO À LENHA PASSO A PASSO (Dezembro 2021).